Vai um namoro aí?!…

Fui convidada para escrever no nosso blog e fiquei matutando qual seria o tema que despertaria o interesse da galera. Cheguei a conclusão que vou falar de namoro.

Às vezes a gente ouve por aí os comentários sobre como tratamos o assunto na Rede. E quer saber o que eu acho? Que de verdade, nos tempos passados, cometemos alguns equívocos. Isso porque tem gente que pisa na bola, fica, transa, se envolve mais do que deveria, que acabamos pecando pelo excesso de cuidado. O que para mim é muito melhor do que pecar por negligência.

Hoje, acho que estamos chegando em um equilíbrio como liderança. Já tiramos do nosso vocabulário palavras como “deixar namorar”, “liberar o namoro” porque na real, nós não temos o “poder” de deixar ou não, apenas aconselhamos as pessoas no que acreditamos que vai fazer bem a elas e a responsabilidade da decisão é delas.

O triste é que alguns têm usado dos conselhos do líder de esperar e conhecer mais a pessoa para justificar o pecado. “Ah, a gente ficou porque os nossos líderes não estavam liberando o namoro”. “A gente se gostava, se beijou e pronto, não é errado”. Na minha opinião isso nada mais é do que falta de domínio próprio, para não dizer CARÁTER. Que brecha!

Para terminar, seja em que fase de vida você se encontra quero te dar três conselhos. Mas quero te deixar livre para partir agora deste texto, caso ele já esteja ficando chato.

1. Antes de se declarar para alguém, conheça bem a pessoa. Saiam primeiro com a galera. E à medida que vocês vão se conhecendo na turma, combinem umas saídas sozinhos. Só não vão no cinema, que lá não é lugar de conhecer ninguém. Sem contar que o escurinho do cinema não ajuda muito a manter a santidade.
2. Seja sábio e prudente. Saiba o tempo certo de falar cada coisa. Cuide com os “você é pessoa de Deus para mim” e “eu te amo”… não banalize algo tão profundo como esta frase. Dê uma lida em I Coríntios 13, se for o que você sente pela pessoa de verdade, prepare uma declaração para ela para quando vocês começarem a namorar.
3. Por último, mas não menos importante. A chave para um relacionamento bem sucedido é o domínio próprio. Aprender a dominar a língua (em todos os sentidos), as mãos, os sentimentos só vai ajudar você a fazer tudo no tempo certo.

É isso aí galera….

Um abração,
Pra. Mari

Tags: ,

8 comentários para “Vai um namoro aí?!…”

  1. Ricardo spn disse:

    dale pastoraaaaaaa

    isso ai devemos ser exemplo na palavra na pureza e no amor
    sendo padrao dos fieis … mandou bem exemplos a ser seguido
    ponto a ponto mais que pena que nem to mundo se dispom a
    seguilossssssssssssss

    valeuuuuuuuuuu
    abraçossssssssss

    RICARDO

  2. Tatiane disse:

    Sempre manda muito bem essa minha pastora, MARA!!!!!

    amo vc Mari

    bji**

  3. Vanessa disse:

    é isso ai Pastora…
    Vamos influenciar essa geração a agir diferente, a ser exemplo na palavra, na pureza e no amor……
    Como a krissie ja disse você é um exemplo a ser seguido!!!!

    Amo vc!!
    &:)

  4. Krissie disse:

    É aí.. essa é a minha lider… Um exemplo a ser seguido!!!

    E como disse o Dan Dan, vale a pena seguir esses conselhos!!!

  5. Marcio disse:

    Isso ai pastoraaaa..mandou super bem..pena q nem tds os jovens q se dizem “santos” pensa dessa maneira ou se pensam nao ajem dessa forma…mas creio q Jesus tem feito nossa geracao Santa e Seperada p aprender como lidar c essas questoes…
    Abracao…

  6. Malu disse:

    Me perdoem acho que dica não ficou muito legal (conselhos é melhor)

  7. Malu disse:

    Nossos Pastores são d+++ amo vcs e seguir as suas dicas nos fazem crescer cada vez mais em DEUS….
    Não podemos esquecer que quando fazemos uma escolha (certa ou errada) ela caminha-rá para sempre conosco e tudo que fazemos devemos fazer para honra e glória de nosso SENHOR JESUS CRISTO…
    bjs (‘)xx(‘)
    =( . . )=
    (‘)x(‘)

  8. DanDan disse:

    Mandou muito bem nas dicas pastora…

    Vale a pena seguir estes passos =)

Deixe um comentário