Agora eu entendi

criancaRomanos 8:38-39

“Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro; nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor”.

Outro dia a Rebeca me desobedeceu. Algo bastante natural em uma criança que ainda está aprendendo o que é certo e errado no auge dos seus recém completos dois anos de idade. Pedi para ela pegar suas coisas que estavam jogadas na sala de casa e ela, com o dedinho indicador e com a maior cara de pau, me encarou e fez que não.

Na hora o sangue subiu. Respirei fundo, falei mais firme agora encarando ela olho no olho, igualzinho a gente aprende no programa da Super Nanny. Não tive resposta, ela continuou imóvel, e o pior, fez de conta que não era com ela.

Nestas horas quando os filhos desafiam a gente, desobedecem, fazem birra, gritam, batem (sim, apesar da carinha inofensiva, eles fazem tudo isso), a gente tem realmente vontade de pintar de verde e jogar no mato, como diz uma amiga minha. Mas é incrível como em menos de dois minutos, a gente vai da raiva ao amor pelos filhos.

O interessante é que não importa o que ela faça de errado, que me tire do sério ou me faça passar vergonha do supermercado, não consigo ficar mais do que 10 minutos brava com ela.

Comecei a entender melhor o amor de Deus por mim e a paciência dele comigo. Tenho certeza de que eu já dei alguns motivos para ele querer largar os bets. Mas é impressionante como ele consegue me amar. Só sendo meu pai mesmo.

Ele continua me amando, me ensinando, mesmo quando eu quero do meu jeito. Ele não interfere quando eu quero fazer as coisas sozinha, mas fica lá, me vendo, só esperando a hora que eu vou falar as palavras mágicas “por favor, me ajuda? Eu não consigo sozinha”.

Pois é… agora eu entendi.

Pastora Mariane Maciel

Tags:

6 comentários para “Agora eu entendi”

  1. Ana Maria disse:

    Então, nunca tive um pai oresente em minha vida, mas procuro com meus erros hj encontrar, pois meu pai da terra já se foi, mas sei que Deus todos os dias me ensina algo, não reclamo, só penso reflito e depois faço algo! Minha vida com Deus não é um mar de rosas, mas tento entender o coração do pai! Somos filhos, mas muitas vezes não compreendemos a voz do pai, é preciso falar mais de uma vez! Amo todos vcs da rede! Bjoooooo

  2. Jenis Paula disse:

    Pastora obrigada por vc estár nos abençoando com suas experiências com Deus.
    Você é um exemplo a ser seguido amo muito vc.

  3. Karem Moeller disse:

    Otimo texto!!!
    Prova que Deus é bom e seu amor inexplicavel é que ele nunca me pintou de verde nem me jogou no mato!!!

  4. Israel disse:

    nossa. muito real * * obrigado =)

  5. Mariana Lima disse:

    É verdade, o amor de Deus é fantástico… E pensar que com nossa cara de bonzinhos, fazemos manha, brigamos, fazemos Ele passar vergonha… Mas mesmo assim Ele nos ama! Texto excelente…

  6. Kessie disse:

    Pastora Querida,

    Esse texto abençoou a minha manhã! É impressionante o amor de Deus com a gente mesmo!

    Bjos a todos!

Deixe um comentário