Fazendo valer a pena

É muito comum chegarmos ao final de uma competição esportiva, como uma maratona, por exemplo, e ouvirmos opiniões distintas de competidores que cruzaram a linha de chegada tão próximos. Muitas vezes um competidor que chega em quarto lugar demonstra toda a sua frustração com aquela posição, enquanto o seu colega que chegou na quinta posição não consegue conter toda a sua alegria e entusiasmo, quando entrevistados.

Isso acontece porque aqueles dois competidores tinham expectativas e objetivos distintos. Provavelmente o primeiro estava focando apenas no lugar mais alto do pódio, enquanto que o segundo tinha por objetivo superar os limites que ele possuía até então.

A mesma coisa ocorrerá na Holy League. São doze times competindo, mas apenas uma equipe receberá o título de campeã. Para as demais equipes talvez restará a frustração, a impressão de que poderiam ter ido mais longe, ou de que faltou aplicação e treinamento.

Não passará muito tempo e até mesmo a equipe que conquistou aquele título acabará caindo no esquecimento.

Para você ter uma idéia do quanto isso é verdadeiro, tem circulado, recentemente, que Bernardinho, uma das pessoas mais inspiradoras que conheço, estaria pensando em largar o batente. O motivo: após tantos êxitos sucessivos, já não conseguiria mobilizar os seus jogadores mais experientes a realizar os sacrifícios necessários para seguir vencendo. Os jogadores mais novos também não estariam se dedicando como deveriam. Esses jogadores perderam a paixão, o brilho nos olhos, pois hoje surpreendente é o Brasil não chegar mais em primeiro.

Quais são as coisas que farão seus olhos brilharem? O que tem ardido no seu coração?

Por isso, para que a Holy League não seja apenas mais um tempo como outro qualquer na sua vida, que logo pode cair no esquecimento, esse é um tempo de vocês sondarem os seus corações e alinhá-los como equipe. Tracem individualmente e também como equipe, outros objetivos, além daquele que é atingir o degrau mais alto do pódio.

Jesus, em Mateus 6.19-21, nos oferece um excelente conselho:

“Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração”.

    • Quais são outros prêmios pelos quais vale a pena vocês lutarem?
    • Quais são os tesouros que vocês podem ajuntar e que terão um brilho não apenas momentâneo, mas também a médio e longo prazo nas suas vidas?
    • Quais são os seus desafios pessoais?
    • O que você gostaria de mudar na sua vida?
    • O seu temperamento precisa ser transformado?
    • Que tal permitir Deus moldar ainda mais o seu caráter?
    • Qual o preço de um bom testemunho?
    • Até onde você iria pela salvação de uma vida?
    • Está satisfeito com o seu nível de relacionamento com as pessoas, ou novas amizades e fortalecimento das já existentes lhe cairiam bem?
O desejo de vocês nesse tempo deve ser de que o título não seja o fim, mas sim uma conseqüência.

Faça valer a pena. A única atitude inaceitável nesse tempo dever ser a de não tentar. Paulo, um assassino de cristãos, teve um Encontro com Deus, e se transformou em um ministro ousado, usando toda a sua vida para ministrar o evangelho e fazer a obra de Cristo ainda mais conhecida. Ao final de sua vida, escrevendo para Timóteo (2Tm 4.7), ele faz uma análise de tudo o que fez:

“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.”

A Holy League já começou! Quais são as coisas que você gostaria de dizer a seu respeito durante esse tempo? E após ele?

Combata o bom combate, termine a corrida e guarde a sua fé.

 

Equipe Holy League 2011
(primeira ministração)

Tags: , ,

2 comentários para “Fazendo valer a pena”

  1. Lee disse:

    É isso aí pessoal!
    Aproveitem a Holy League para realizar os sonhos de Deus por meio do futebol. Hoje nós temos a oportunidade de utilizar o futebol de forma diferente, visando o Reino e não o próprio ego.

    Estou na torcida para que a unidade, o perdão, o domínio próprio e a salvação sejam os vencedores!
    É isso aííí!!!

  2. Eduardo Palma disse:

    Simplesmente Perfeito!

Deixe um comentário